Máscaras reutilizáveis para combater o novo coronavírus

No DF e em Valparaíso/GO, LBV distribui kit com sete máscaras confeccionadas, com todo carinho, por voluntários da Entidade.

Bruno CastroBrasília, DF — Para ajudar no combate à Covid-19, a LBV distribuiu máscaras reutilizáveis às famílias em situação de risco social do Distrito Federal.
Neste momento desafiador, o povo brasileiro está mostrando que a solidariedade é uma das principais armas para amenizar os efeitos da pandemia do novo coronavírus. Graças à generosidade de seus colaboradores, parceiros e voluntários, a Legião da Boa Vontade (LBV) entregou, somente no Distrito Federal, mais de 15 mil quilos de doações (alimentos não perecíveis, legumes, verduras, frutas e kits de materiais de higiene e de limpeza) a centenas de famílias em situação de risco social.

{sbm a:l}Na última quinta-feira, 7 de maio, a LBV distribuiu mais de mil máscaras reutilizáveis aos moradores da chácara Santa Luzia, na Cidade Estrutural/DF, e para os atendidos pelo Centro de Reintegração Familiar Social Trabalhista (Crefast), em Valparaíso/GO, que atua na recuperação de dependentes químicos.

Cada família recebeu um kit com sete máscaras que foram confeccionadas por voluntários da LBV, seguindo todas as recomendações do Ministério da Saúde. Além disso, foram entregues também cestas com hortaliças, frutas e verduras e chocolates.

A ação foi destaque no telejornal local DF1, da Rede Globo, em reportagem assinada pelo repórter Arthur Bernardi e o cinegrafista André Lima. Confira aqui a matéria completa.

José GonçaloBrasilia, DF — A distribuição de máscaras reutilizáveis, confeccionadas por voluntários da LBV, foi destaque no telejornal DF1, da TV Globo. Na foto, a gestora social Eldilene Leal concede entrevista à reportagem.
Maria Elenita está desempregada e conta com a ajuda de outras pessoas para superar a crise. Ao receber a doação da Entidade, afirmou: “É muito importante nessa pandemia. Sou diarista e não estou trabalhando, isso é muito difícil. Uma ajuda dessa é muito importante, só vocês mesmo, com a benção de Deus”.

Atendida pela LBV, Thamires Silva também registrou seu agradecimento à Instituição e a todos os seus colaboradores: “Obrigada pelas máscaras, lá em casa tem muita criança, é uma ajuda. Vamos prevenir, máscara salva, sim. Obrigada, LBV!”.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Solidariedade | Mundo Melhor (@lbvbrasil) em

Sou mãe de Pedro Jorge e da Alessandra, eles fazem parte da LBV e estou aqui para agradecer as doações, principalmente as máscaras, que são necessárias nesse período de pandemia do coronavirus. Só tenho a agradecer por esse alimento”, disse Eliane Pereira.

SOS Calamidades

A campanha LBV — SOS Calamidades mobiliza voluntários dos diversos setores da sociedade e, em parceria com órgãos oficiais, promove ações emergenciais em favor de famílias em situação de vulnerabilidade e risco alimentar afetadas pelo novo coronavírus.

Além dos itens essenciais à sobrevivência das famílias, a LBV também leva informações e orientações para evitar o contágio pela Covid-19.

Paulo AraújoBrasília, DF — Cada família recebeu um kit com sete máscaras reutilizáveis, que foram confeccionadas por voluntários da LBV.
As equipes seguem todas as recomendações dos órgãos oficiais de saúde durante a entrega das doações, como o uso de máscaras, de luvas e de álcool em gel 70%, além de programar os horários para a retirada dos donativos de forma espaçada, para evitar aglomerações, e fazer a marcação no chão, para distanciamento de 1,5m entre as pessoas.

Vale ressaltar que, para a segurança dos atendidos, as atividades diárias realizadas em todas as unidades socioeducacionais e socioassistenciais da LBV estão temporariamente suspensas, mas o apoio de todos os colaboradores e voluntários é fundamental para a continuidade do atendimento às crianças, aos adolescentes, jovens, idosos e às famílias em situação de vulnerabilidade social, que neste momento precisam ainda mais de ajuda.

Ajude você também!

O novo coronavírus pode matar. E a fome também! Por isso, a solidariedade não pode parar. Quanto mais doar, mais famílias serão ajudadas para que não morram de fome e evitem o contágio pela covid-19.

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas