“Agradeço a LBV por ter me acolhido”, diz atendido

O autônomo Aparecido Ribeiro, morador de Brasília/DF, sente os efeito da pandemia e conta com o apoio da LBV neste momento desafiador.

Aparecido Ribeiro é autônomo e, antes da pandemia do novo coronavírus, deixava o filho em segurança aos cuidados da Legião da Boa Vontade (LBV) e depois seguia para o trabalho.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Solidariedade | Mundo Melhor (@lbvbrasil) em

Com as medidas de isolamento social, o pai, impossibilitado de exercer a profissão, sente os efeitos socioeconômicas da Covid-19. Já o filho sente falta de frequentar um dos locais que ele mais gosta: a Escola da LBV.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Quando tudo muda na rotina de pai e filho, eis que a gratidão de ter sido acolhido pela Instituição se multiplica em um gesto de de amor e solidariedade.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Para amenizar os impactos da pandemia, a LBV está garantindo a doação de alimentos e kits de limpeza para a família de Aparecido. Assim como ele, milhares de pessoas estão sendo amparadas em todo o país.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
E a gratidão não poderia vir de forma mais sincera e espontânea: o reconhecimento de quem recebe o apoio da LBV, graças à sua colaboração. 

“Sou autônomo e, infelizmente, não tem trabalho, está muito complicado. Desculpe, fico até emocionado. A única coisa que a gente precisa é de trabalho. Sou muito abençoado, agraciado, porque meu filho não dá um pingo de trabalho, é um amor de criança. Toda vez que eu abro o guarda-roupa e ele vê o uniforme, pergunta: ‘papai, eu vou para a escolinha?’. Em nome de Jesus, agradeço muito a LBV por ter me acolhido, oferecido esse alimento. Somente Deus pode pagar isso, não só para mim, para todos que vocês acolhem”, disse.

Vamos fazer neste momento uma Corrente do Bem! Nossa maior ação solidária neste momento é não deixar que milhares de famílias que estão em situação de insegurança alimentar passem fome.

Ajude a LBV a amenizar os impactos do coronavírus na vida destas famílias.

 

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas